sábado, 5 de setembro de 2009

impossivel eterno amor

Já não posso mais viver a nossa história, Minha memória não consegue mais te ter, Agente sempre resolveu nossos problemas, E o seu dilema era sempre me esquecer. Talvez a vida feche as portas dos seus segredos, E leve junto na memória, todos os seus medos.
E o que fazer? pra te esquecer? Já não me encontro em paz, E não quero mais, Ter você.
Agente acaba tentando e insistindo, Em tantas coisas que não tem nada haver. A vida move lembranças sem sentidos, E eu continuo a pensar sem esquecer, Talvez a vida feche as portas dos seus segredos, E leve junto na memória todos os seus medos, Os seus medos...
Lá fora a chuva cai, Lembrando, Eu fecho os olhos pra te olhar, Amando
Por você...Por você...

impossível eterno amor - maiquell

Nenhum comentário:

Postar um comentário