sexta-feira, 13 de novembro de 2009

.


Me arrepender,só daquilo que eu não fiz
Hoje eu posso tentar descomplicar pra te ter aqui ♪




quinta-feira, 5 de novembro de 2009

no fim eu amei por nós dois

Sabe o meu maior erro foi me apaixonar por você. Eu devia ter imaginado que isso iria acontecer, eu não sabia nada sobre o amor e resolvi arriscar e olha só no que deu. Eu devia ter percebido isso antes, percebido que esse amor não valeria à pena, que você não era o meu “grande amor.” Eu sempre disse, e ainda digo que você não era meu oxigênio, e que também não precisava de você pra viver, mas mesmo assim eu fazia de tudo só pra da um jeito de te encontrar. Que patético, mas parecia inevitável. Há alguns dias atrás eu me sentia tão bem, tão livre como se todas as algemas tivessem me desprendido de você. Uma bela mentira. Eu sabia que estava ligada a você, as cordas que me prendiam só estavam esperando uma oportunidade para voltarem. e elas voltaram. Agora eu vejo que o amor só faz a gente sofrer por quem não merece, ele quebra corações por todo mundo, assim como despedaçou o meu. É amor, você brincou comigo, me usou e depois me deixou num canto jogada como se fosse um livro rasgado ou um cd quebrado que você nunca mais usou. Amor traiçoeiro, coração traiçoeiro! E eu mais uma vez estou aqui amor, pedindo pra que não judie de mim. Estou aqui mais uma vez pra dizer que eu vou te esquecer, e te deixar pra La. Hm será? É ridículo dizer isso, eu não vou te esquecer, mas eu juro que com todas as forças que ainda restam em mim eu vou tentar, vou tentar ate cansar, porque quando você ama demais alguém que não te ama e esse alguém te faz sofrer, você cansa e acaba perdendo a graça lutar. Mas afinal lutar pelo que? Pela dor? Pelo sofrimento? Desculpa mas eu só encontro essas definições para “amor.” Então eu vou lutar contra você, amor, eu vou tentar ate não poder mais e só quando eu ver que não existe mais solução, que não há mais formas de te esquecer, eu vou desistir de tentar não te amar, mas enquanto restarem forças eu vou tentar te esquecer. E o meu ultimo pedido amor, é que você me liberte.

--------------------------------------------------------------------
"A dor vem de várias formas, pode ser uma pontadinha meio dolorosa, dores espassas, dores normais que vivemos no dia-a-dia, e tem o tipo de dor que não se pode ignorar, um nivel de dor tão alto que bloqueia todo o resto, que faz o mundo empalidecer, até que a gente só consegue pensar no quanto dói. como lidamos com a dor é problema nosso. Dor... nós a anestesiamos, superamos, abraçamos, ignoramos, ou pra alguns o melhor jeito de lidar com a dor é simplesmente ir levando. Dor... só nos resta descartar, esperar que ela passe sozinha, esperar que a ferida que a causou cicatrize, não existem soluções, nem respostas faceis, a gente só respira fundo e espera que ela passe, na maioria das vezes a dor pode ser contornavel, mas as vezes a dor nos pega onde menos esperamos, muito acima da cintura, e não para mais. Dor... só nos resta suportar, porque a verdade é que não da pra contornar, e a vida dói cada vez mais."
Seriado Grey's Anatomy - segunda temporada, capitulo 5.