segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ta tudo assim, tão diferente

É eu sei que no fundo você também lembra das coisas, ja tive provas disso, e olha que eu achei que você tivesse memória fraca, você ainda lembra, mas não é como antes, é mais como um deja vu, uma nostalgia, quem sabe, eram bons tempos, que talvez escorregaram entre os dedos, como água, como gelo... mas é como dizem, tempos mudam, pensamentos se transformam, e você nunca sabe o que vai acontecer, e foram varias vezes consecutivas, vi pessoas mudando na minha frente e não pude fazer nada, vi elas mudando e com isso fui perdendo um pouco da minha vida, um pedaço da história, que hoje ninguém mais lembra, o rumo se confundiu, se colidiu com os outros, e é tão ruim quando você perde a razão desse rumo, quando você perde os passos firmes, ou a pessoa que te deixava firme, melhor dizendo... por favor faça isso parar, faça a angustia passar, me abrace e sei lá, só faça isso parar...! é, você foi a melhor pessoa que eu já tive e eu simplesmente deixei escapar, como um papel que voa com o vento, não quero fazer isso de novo, não posso perder meu rumo, e eu sinto medo, só isso. talvez tudo que eu precise é que você pegue a minha mão e me diga que sempre vai estar aqui, que tudo vai ficar bem, mesmo que isso soe como uma linda mentira, apenas segure ela, não a deixe escapar, segure firme, e prometa que não vai soltar. 

Um comentário:

  1. verdade.. tudo muda.

    Eeii!!
    Estava com saudades daqui!! =D

    Bjão =*

    ResponderExcluir