quarta-feira, 10 de agosto de 2011

mais uma vez

Então vem, não importa se de dia ou de noite, confesso que não estou muito preocupada com a hora, contanto que você venha e traga junto aquele sorriso que eu tanto gosto e que me enche de alegria. Poderíamos sair para dar uma volta abraçados por ai, ou simplesmente assistir qualquer programação sem graça da TV enquanto nos empanturramos de doces, claro que a casa estaria uma bagunça, mas se você prometer que vem eu contrato uma empregada só pra deixar tudo limpo, ou ate mesmo eu limpe e organize a minha confusão pra ter espaço pra nós dois. Venha e traga junto aqueles abraços que me protegem, traga também aquele brilho no olhar que me faz querer cada vez mais, você aqui. Traga amor também mesmo que não precisa, e mesmo que exista demais disso entre nós. Então vem e fica, fica pra sempre, pois você sabe que eu não vou te deixar ir embora, bato o pé, faço birra, te agarro, te prendo num abraço, e não te deixo ir, insisto ate que você mude de idéia e desista de ir e fica, fica aqui, ocupando espaço, pra sempre, pois eu não me importo, eu gosto do seu jeito folgado de permanecer. Então vem, e fica, e mata essa vontade, afoga essa saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário