sábado, 15 de outubro de 2011

need you now

Sei lá, talvez seu jeito de falar, de rir, de brigar, de abraçar, de dançar, ou de fazer qualquer outra coisa, tenha me conquistado aos poucos. Era o tipo de coisa que eu gostava de fazer contigo, o tipo de coisa que trazia uma paz interna, uma calma incrível, e tudo que tinha de melhor. Era o tipo de companhia ideal com quem eu gostava de estar, e que fazia eu me sentir viva. O tipo de companhia que eu precisava agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário