quarta-feira, 26 de outubro de 2011

o que você vê

É verdade o que dizem de você, que você não é como eu, que sempre sabe onde ir e que nunca se perdeu. Diga uma palavra pra me acalmar. Me convença que um dia tudo vai melhorar. Abra os seus braços pra me refugiar. Eu quero amplificar pra que todos saibam e possam escutar, eu quero ser como você, eu quero ver o que você vê. Não sei quando, onde ou porque, um dia eu percebi, a vida é mais doce pra você, tem um gosto que eu nunca conheci. Feche meus olhos e me faça sonhar. Diga pra eu parar de me preocupar. Me mostre como sempre acreditar. Eu quero acelerar, o tempo corre e eu preciso te alcançar. Eu quero ser como você, eu quero ver o que você vê.
eu quero ser como você-capital inicial

Nenhum comentário:

Postar um comentário