quarta-feira, 23 de novembro de 2011

a sua mão não vou soltar

Me diga o que fazer sozinho, eu não sei, tente seguir esse caminho, que eu trilhei, eu prometi um dia te mostrar, jurei que iria te levar pra outro lugar. E como eu vou viver sozinho? Eu não sei. Se me perdi nos teus caminhos [...] me diga como tudo isso aconteceu, aonde foi que a gente esqueceu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário